Tércio Farias fundou uma das maiores distribuidoras de camarão do País
Comercialização

Tércio Farias fundou uma das maiores distribuidoras de camarão do País

Tércio Farias é o “Personagem” na Seafood Brasil #43

06 de julho de 2022

Uma laranja encurtou o sonho de Tércio Farias em se tornar um jogador de futebol. Durante um dos jogos, um colega atirou uma fruta no gramado e acidentalmente acertou Nivonete Farias, a mãe de Tércio. O pai, Raymundo Sanches, enfezou-se e levou toda a família embora, advertindo o garoto que ele nunca mais voltaria ali. Ironicamente, era a citricultura que botava comida na mesa da família Farias Gonçalves: o pai era um dos maiores distribuidores de laranjas e maracujás para sucos concentrados de todo o Nordeste.
 
Aos poucos, os produtores passaram a enfrentar dificuldades para honrar as dívidas das compras antecipadas e passaram a dar as próprias propriedades como pagamento. Raymundo, que sempre havia atuado na área comercial, converteu-se em fazendeiro. Não deu certo.
 
Infelizmente, depois de enfrentar uma severa crise hídrica, perdeu toda a produção. Então, motivado pela difícil situação do pai, Tércio se formou como engenheiro agrônomo, mas logo migrou das laranjas para o camarão.
 
Em 2002, a Valença da Bahia Maricultura era a maior carcinicultura do País, com cerca de 1.000 toneladas mensais direcionadas à exportação. Entre as responsabilidades de Tércio estava o controle de qualidade dos produtos despescados para exportação, mas também o atendimento a restaurantes interessados no camarão. Com foco na exportação, a empresa não tinha volumes em tempo hábil para o mercado interno e o executivo percebeu que havia ali um nicho inexplorado.
 
Tércio iniciou então um negócio de distribuição de camarão e outros itens de pescado, chegando a intermediar a compra de espécies da região Norte para uma grande rede de food service. Apesar de muitas dificuldades, o negócio cresceu e, em 2016, transformou-se na Villa Pescados. No entanto, as adversidades prosseguiram: “Passamos seis meses sem vender quase nada, era uma caixa por dia”.
 
A virada começou a acontecer com o início da parceria com a Potiporã, em 2018. “A qualidade deixou de ser uma preocupação e pudemos nos concentrar nos canais de distribuição e em construir nossa máquina de vendas.”
 
Tércio Farias é o “Personagem” na Seafood Brasil #43. Clique aqui e leia a matéria completa.
 
Créditos: Divulgação
 

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3