Nova diretoria da Abrapes revela principais pleitos da gestão
Indústria

Nova diretoria da Abrapes revela principais pleitos da gestão

Uma assembleia geral realizada em 09 de fevereiro elegeu a nova diretoria

04 de março de 2021

arroba publicidade
A nova diretoria da Associação Brasileira para o Fomento do Pescado (Abrapes) deverá focar seus esforços para o RTIQ de moluscos cefalópodes congelados; ampliação de mercados para importação e exportação de pescado e o incremento sustentável da disponibilidade e do consumo de pescado no País, como revelou à Seafood Brasil a diretora executiva, Thamires Quinhões.
 
Conforme ela, também serão metas do novo grupo a redução da Carga Tributária – especialmente o ICMS e a obtenção de linhas de crédito para o setor. A proposição de normativa para verificação de parasitas em peixes, elaborada em conjunto com outras entidades e enviada à Câmara Setorial da Produção e Indústria de Pescados em fevereiro também estará entre os principais assuntos discutidos pela nova diretoria.
 
Completam a lista dos principais debates a reinspeção de produtos de origem animal importados (Decreto nº 10.468/2020) e a comercialização de pescado.
 
Uma assembleia geral realizada em 09 de fevereiro elegeu a nova diretoria. O novo presidente, eleito para um mandato de dois anos, é Julio Cesar Antonio, CEO da Mar & Rio, que assume no lugar de Márcio Ortega, primeiro presidente da entidade.
 
Em mensagem aos associados, ele saudou o trabalho realizado por Ortega, que esteve à frente da entidade por quatro anos - os mandatos são prorrogáveis por mais dois anos. “Parabéns pela gestão dos quatro anos de mandato muito bem sucedido, faço questão de ressaltar que faremos uma gestão de união e fortalecimento do setor, estando sempre abertos à participação de todos”, disse.
 
Compõem ainda a nova diretoria: Pablo Horacio Rillo (Ecil), como Secretário-Geral; Rafael Bueno Alvarenga Camacho (Campêche), como Diretor de Projetos; Marcio Ortega (Fênix), como Diretor Jurídico; Tiago Vandré Simionato Scherer (Delly’s), como Diretor de Relações Técnicas; Marcelo Corsi Eiger (Trident Seafoods), como 1º Conselheiro Fiscal; Milton José Bertó (Planalto Fish), como 2º Conselheiro Fiscal e Luiz Antonio Castilho Filho (Peixes Megg’s), como 3º Conselheiro Fiscal.
 
 

Abrapes, fomento ao pescado, ICMS, Julio Cesar Antonio, Márcio Ortega, Thamires Quinhões

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3