Consumo nos Lares Brasileiros acumula alta de 1,47% até fevereiro
Varejo

Consumo nos Lares Brasileiros acumula alta de 1,47% até fevereiro

Para a Páscoa, o levantamento mostra que consumo de produtos sazonais cresce 11% em volume

28 de março de 2024

O Consumo nos Lares Brasileiros acumula alta de 1,47% até fevereiro, de acordo com dados da Associação Brasileira de Supermercados divulgados hoje (28). Na comparação com fevereiro de 2023, o indicador registra alta de 1,71%.  Na comparação com janeiro, a queda é de -1,54%.
 
Já o efeito calendário também influenciou o consumo em fevereiro. O mês contou com 29 dias contra 31 do mês anterior. O levantamento contempla todos os formatos e canais operados pelos supermercados e os indicadores são deflacionados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 
 “A taxa de emprego mais estável no trimestre encerrado em janeiro ajudou a manter a trajetória de crescimento do consumo em patamares semelhantes ao do ano anterior, bem como o crescimento real da renda com o reajuste do salário-mínimo”, analisa o vice-presidente da Abras, Marcio Milan.
 
Em fevereiro, ajudaram a movimentar o consumo nos lares o pagamento de R$ 14,45 bi do Bolsa Família, R$ 566,3 milhões do Auxílio-Gás, o início do pagamento do Abono do PIS/PASEP estimado em R$ 28 bilhões no calendário 2024, o reajuste do salário-mínimo (+6,97%) desde janeiro, R$ 304 milhões do lote residual de imposto de renda.
 
O pagamento de R$ 21,4 bilhões em precatórios (pagos no final de fevereiro) deve ter impacto no consumo em março.A antecipação do pagamento a partir de abril do 13º salário de aposentados e pensionistas deve incentivar o consumo nos lares.
 
Páscoa: consumo de produtos sazonais cresce 11% em volume
 
Os produtos típicos da Páscoa vêm registrando aumento em volume, principalmente, a partir da segunda semana que antecede à data. No período (11 a 17/03), os produtos sazonais cresceram 11% em volume, conforme informa a Abras.
 
Nos supermercados, para o almoço, os destaques são o bacalhau, com aumento de 29,5% e os peixes com 15,7%. Outros itens com crescimento em volume são azeitonas, com 16,4% e azeite com 5%. 
 
Neste ano, o varejo e a indústria se anteciparam e desde o Carnaval as lojas passaram apostar em pontos extras e em ações promocionais, bem como, fortaleceram a participação no e-commerce. “O consumidor tem buscado produtos típicos da Páscoa para o almoço, ovos de chocolate, chocolate em barras e itens presenteáveis como os bombons, mini ovos e coelhos de chocolate”, finaliza Milan.
 
Créditos da imagem: Canva
 
 
 
 
 
 

abras, bacalhau, Consumo nos Lares Brasileiros, Marcio Milan, Páscoa, peixes, pescado, supermercados, varejo alimentar

 
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3