Na lista dos 30 pratos mais icônicos do mundo, 10 são de pescado
Food Service

Na lista dos 30 pratos mais icônicos do mundo, 10 são de pescado

No Brasil, a pizza ganhou em São Paulo e a feijoada no Rio de Janeiro

11 de dezembro de 2020

arroba publicidade
A Revista Time Out realizou uma pesquisa com 38 mil moradores de 30 metrópoles de diversos países e continentes para saber qual é o prato 'icônico' que representa sua cidade. Já as escolhas por comida que levam peixes ou frutos do mar apareceram entre 10 dos 30 pratos da lista, oscilando entre a primeira e a segunda colocação.
 
O questionário foi realizado através da pesquisa anual Time Out Index .Isso significa que cada prato da lista foi selecionado pelos habitantes locais como a coisa mais representativa que você pode comer por lá. A matéria ainda indica opções de estabelecimentos para apreciar todas as descobertas. Conforme a publicação, muitos dos pratos escolhidos são praticamente desconhecidos fora daquelas cidades ou países. Eles também revelam as formas fascinantes como a comida permeia e cruza as culturas.
 
Alguns pratos “icônicos” de pescado não foram tão surpreendentes, como o tradicional bacalhau de Lisboa - que foi a escolha dos moradores consultados na cidade. A verdade é que há mil e uma maneiras de cozinhar este pescado oriundo do Atlântico, mas os portugueses sabem fazê-lo como poucos.
 
Em Boston, a escolha foi o lobster roll. O prato fresco oferece toda a carne doce e deliciosa sem bagunça. Os tradicionalistas confiam no tratamento clássico - servido em um humilde pão de cachorro-quente com apenas um toque de maionese e um pouco de aipo picado -enquanto os gourmets sérios procuram interpretações criativas elaboradas pelos melhores chefs. A sopa de mariscos clam chowder ficou com a segunda opção dos moradores locais.
 
Em Copenhague, o destaque foi o smørrebrød, sanduíches abertos que são a base de jantares grandes e pequenos. Pode ir por cima o arenque frito, linguiça caseira, enguia defumada ... ou qualquer outra coisa. Dois clássicos são o simples filé de peixe (filé de peixe, muitas vezes com remoulade e endro) e o leverpostej (patê de fígado com cogumelos fritos, bacon e cornichons).
 
Em Hong Kong, ganhou o dim sum. Em tradução literária, é como "tocar levemente o seu coração”. E se refere a pequenas porções de comida, geralmente para compartilhar. Bolinhos podem ser a variedade mais famosa, mas agora existem mais de 1.000 tipos de dim sum com diferentes texturas, sabores e métodos de cozimento. A dupla exemplar é de har gow (bolinho de camarão) e siu mai (bolinhos de carne, geralmente carne de porco.
 
Já em Joanesburgo, na África do Sul, o bife braai conquistou mais paladares. É um churrasco ao ar livre em que todos os tipos de carnes são grelhados para grandes grupos desfrutarem de inúmeras proteínas assadas como, fígado de boi, cauda de lagostim e atum para clientes de todas as gerações. Mais do que um prato, é um costume social.
 
Em Kuala Lumpur, na Malásia, o prato escolhido foi o nasi lemak. Este alimento malaio consiste em arroz macio e perfumado, cozido em leite de coco e folha de pandan e servido com sambal doce picante (molho de pimenta). Além disso, você terá uma variedade de  acompanhamentos como frango frito, lula grelhada, peixe ou carne frita, além do ovo obrigatório (cozido, frito ou omelete - depende do assado). A sopa de mariscos ficou com a vice-colocação.
 
O prato chamado ostras de pedra foi o mais votado pelos pesquisados em Sydney. Por lá, ele também é chamado de ostras rochosas de Sydney e são moluscos requintados entre as marés endêmicas em toda a costa leste da Austrália. Ele é muito comum nos bares e restaurantes da cidade, onde em vez de coquetéis baratos, você pode comprar ostras por um dólar. Você também o encontrará como oferta de abertura nos melhores menus da cidade. Já o peixe aparece na vice-colocação acompanhado por batatas fritas.
 
Já no Brasil, como se esperava, o pescado não apareceu na lista de preferência dos entrevistados. Por aqui, o destaque ficou com a nossa tradicional feijoada no Rio de Janeiro. Em São Paulo, a pizza acabou conquistando o paladar da maioria dos moradores, embora o churrasco tenha aparecido na segunda opção, enquanto no Rio, os vice-campeões foram o churrasco e arroz com feijão.
 
 
Cráditos da imagem: Pixabay
 

food service, lula, polvo, pratos com pescado, restaurantes, salmão, sushi, tilápia

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3