Argentina certifica 1ª exportação de camarão ao Brasil após reabertura
Indústria

Argentina certifica 1ª exportação de camarão ao Brasil após reabertura

Remessa consiste em 1.231 caixas de cauda de camarão congelado, 14 de camarão inteiro congelado e 84 de camarão descascado desfiado

23 de abril de 2021

arroba publicidade
O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) da Argentina certificou a primeira exportação de camarão vermelho ou santana (Pleoticus muelleri) de Mar del Plata para o Brasil, após conseguir a reabertura do mercado com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A liberação aconteceu em março pelo atual presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux (leia mais aqui).
 
A remessa consiste em 1.231 caixas de cauda de camarão congelado, 14 de camarão inteiro congelado e 84 de camarão descascado desfiado com um peso líquido total de 23.306 quilos. As informações são do portal do governo argentino.
 
O Ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca, Luis Basterra, acompanhado do Secretário da Agricultura, Jorge Solmi, da Chefe de Gabinete, Diana Guillen, e do Subsecretário de Pesca e Aquicultura, Carlos Liberman, receberam Mariano Retrivi e Julieta Martinez, diretores da empresa Buena Proa, que fez a primeira remessa para o Brasil da cidade de Mar del Plata. 
 
“É muito importante avançar na agenda bilateral de abertura de mercados e intercâmbio bilateral entre os dois países, que inclui o acordo para a comercialização de camarão, uma das questões históricas que propusemos no início de 2020, com base na confiança e na seriedade do trabalho realizado pelos serviços de saúde dos dois países”, disse Basterra, que esteve no Brasil durante o mês de março, quando foram formalizados convênios com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Mapa, Teresa Cristina.
 
Na mesma direção, o vice-presidente da Senasa, Carlos Milicevic, destacou que “um mês após a reunião no Brasil e em decorrência das negociações realizadas e coordenadas entre os ministérios da Agricultura e Relações Exteriores e a Senasa, o mercado está aberto definitivamente ao camarão, uma excelente notícia, há muitos anos esperada pelo setor ”.
 
Na semana passada, o embaixador da Argentina no Brasil, Daniel Cioli, contou ao programa Agro+, da Rede Bandeirantes, que três empresas argentinas já se inscreveram para voltar a exportar ao Brasil. Conforme ele, os US$ 50 milhões estimados inicialmente podem chegar ao dobro com as exportações.
 
Créditos da imagem: Pixabay
 
 
 

Buena Proa, camarão argentino, Daniel Cioli, exportação, Luis Basterra, Mapa, Teresa Cristina

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3