1º trimestre tem queda nas exportações com pescado vendido mais caro
Indústria

1º trimestre tem queda nas exportações com pescado vendido mais caro

No balanço do pré-Semana Santa, importações crescem e exportações caem no 1º trimestre

09 de abril de 2021

arroba publicidade
As exportações de pescado no primeiro trimestre, considerado o mais importante para o setor em função da Páscoa, sofreram redução de 3,1% no Brasil no comparativo ao ano passado, ainda que tenham registrado recuperação em março, após perdas mais expressivas em janeiro e fevereiro, segundo os dados divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.
 
Foram 10.307 toneladas de pescado exportadas pelo Brasil nos três primeiros meses de 2021. Se representa perda quantitativa, o volume exportado gerou uma receita 6,55% superior ao valor obtido no mesmo período de 2020, em um total de US$ 48.991.084. 
Isso foi possível porque a exportação brasileira de pescado se deu com preços mais elevados. A tonelada vendida para outros países de janeiro a março teve preço médio de US$ 4.752, um aumento de 9,96% no comparativo ao mesmo período do ano passado.  
 
Veja como se deu a evolução das exportações no trimestre (ton):
É um movimento completamente oposto ao que se deu com as importações no primeiro trimestre: elas cresceram em volume, mas houve redução no dispêndio por parte dos compradores. 
 
As importações de pescado nos três primeiros meses de 2021 pelo Brasil cresceram 4,05% em volume, atingindo as 110.923 toneladas. Mas o que mais chama a atenção no comparativo ao primeiro trimestre de 2020 foi a queda expressiva nos gastos e no preço médio.
 
Apesar do aumento do volume, o dispêndio com as importações caiu 12,1%, para US$ 324.389.948 no período. Já o preço médio da tonelada do pescado foi de US$ 2.924 no primeiro trimestre de 2021, uma perda de 15,5%.  
 
Veja como se deu a evolução das importações no trimestre: 
 
 
As informações foram compiladas pelo Painel do Pescado, uma plataforma de automação de dados desenvolvida com a tecnologia Jubart.
 
Faça seu cadastro aqui e consulte mais informações em tempo real sobre a balança comercial brasileira de pescado.
 

atum, balança comercial, carpa, Comex, pangasius, pargo, salmão, tilápia, truta

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3