Dia Mundial da Água: principal fator de produção de alimentos
Aquicultura

Dia Mundial da Água: principal fator de produção de alimentos

Data é oportunidade para se discutir a importância desse recurso para a vida e para o desenvolvimento econômico e social

22 de março de 2021

arroba publicidade
No sábado (20) comemorou-se o Dia Nacional da Aquicultura e nesta segunda-feira (22) celebra-se o Dia Mundial da Água - talvez as comemorações não à toa sejam tão próximas - como costumam dizer empresários do ramo: na aquicultura, cultiva-se principalmente água. O dia de hoje é também uma oportunidade para se discutir a importância desse recurso para a vida e para o desenvolvimento econômico e social, como destaca Lineu N. Rodrigues, pesquisador da Embrapa Cerrados (DF) no artigo: Água na agricultura e produção de alimentos.
 
Conforme ele, é fundamental que o tema seja analisado dentro das suas várias dimensões, sendo preponderante adotar estratégias de manejo que considerem os recursos hídricos de forma integrada, e que almejem uma alocação equitativa, considerando os usos múltiplos da água e a bacia hidrográfica como unidade de referência. “Água é sinônimo de dialogar, de compartilhar e de integrar. Não é geradora de conflitos, mas sim de oportunidade para produzir e de criar desenvolvimento”, diz.
 
Nesse contexto, não teria como não aproveitar a oportunidade de trazer para a reflexão o tema água na agricultura e produção sustentável de alimento. Segurança alimentar e hídrica estão no centro das maiores preocupações da sociedade.
 
A água é o principal fator de produção de alimentos. Como balancear produção de alimento e demanda hídrica em um mundo onde cerca de 820 milhões de pessoas não têm acesso à quantidade de alimento suficiente para manter níveis básicos de saúde e onde dois terços da população enfrentarão algum problema de falta de água é o grande desafio a ser enfrentado.
 
Para ele, a relação água-alimento é complexa. Esses dois elementos estão intrinsecamente e fortemente interconectados. A complexidade inerente a essa interação é um dos motivos dos debates e disputas, muitas vezes desnecessárias, entre os setores usuários. Mantidas as condições atuais, o aumento na produção de alimentos demandará mais água e poderá aumentar ainda mais as disputas pelo uso da água, reduzindo a qualidade de vida da população.
 
É nesse sentido que a ciência tem papel fundamental. As inovações modificam a situação atual, possibilitando produzir mais sem aumentar as demandas hídricas.
 
Mapa quer discutir importância e desafios
 
Para celebrar o dia, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) também vai realizar o Seminário das Águas Brasileiras. O objetivo do encontro é discutir a importância e os desafios da revitalização das bacias hidrográficas, de modo a garantir água em quantidade e qualidade necessárias para o desenvolvimento do Brasil. A abertura do seminário virtual está marcada para segunda-feira (22), às 15h. As atividades continuam nos dias 23 e 24 de março e podem ser assistidas online, sem necessidade de inscrição prévia. Para acompanhar o seminário acesse aqui.
 
Créditos da imagem: Acervo/ Seafood Brasil
 

alimentos, água, Dia Mundial da Água, Dia Nacional da Aquicultura, Embrapa Cerrados, Lineu N. Rodrigues, Mapa, Produção

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3