Em crise, Vietnã dobra importações de vannamei do Equador

Em crise, Vietnã dobra importações de vannamei do Equador

Crise produtiva do camarão vannamei que assola o Vietnã e outros países asiáticos continua beneficiando as exportações equatorianas

21 de agosto de 2015

arroba publicidade
A crise produtiva do camarão vannamei que assola o Vietnã e outros países asiáticos continua beneficiando o Equador. No período entre janeiro e junho de 2015, os equatorianos exportaram um total de 155,5 mil toneladas, das quais 53,1 mil foram para os clientes vietnamitas. É praticamente o dobro dos embarques do mesmo período de 2014, segundo dados do Banco Central do Equador apurados pela revista parceira Redes & Seafood.

Na prática, o Vietnã desbancou os Estados Unidos como principal cliente do camarão do Equador, pagando US$ 369,5 milhões. Isso não quer dizer que os norte-americanos diminuíram as compras na mesma proporção da expansão do Vietnã: se no primeiro semestre de 2014 eles haviam comprado 41,7 mil toneladas de vannamei, em 2015 compraram apenas 1% menos, gastando US$ 323,2 milhões.

A França, cujo mercado era largamente explorado pelos brasileiros antes de 2003, vem em terceiro lugar, com 16,2 mil toneladas e US$ 117 milhões gastos com o Equador em camarão nos primeiros seis meses de 2015.  Já a Espanha diminuiu consideravelmente as importações (-13,75&), para 13 mil toneladas, enquanto a Itália comprou 10,3 mil toneladas (8% menos).

No total, o negócio vai bem aos equatorianos. Ante 2014, o volume exportado cresceu 13,65%, com uma receita de US$ 1,15 bilhão. Em 2014, foram vendidos ao exterior 136 mil toneladas de vannamei, mas com um faturamento ligeiramente maior por conta do dólar - no ano passado, o país havia faturado 1,16 bilhão. O preço médio por kg ficou mais caro: de US$ 8,48 em 2014, para US$ 9,95 no primeiro semestre de 2015.

Veja abaixo a tabela completa:

Exportações_Equador

equador, exportações de camarão, Litopenaeus vannamei, Vietnã

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3