Varejo decepciona e alimentação fora do lar sobe

Varejo decepciona e alimentação fora do lar sobe

26 de junho de 2013

arroba publicidade
Crédito da imagem:Simon Shek


Dados do IBGE mostram que as vendas do varejo decepcionaram, subindo apenas 0,5% nos últimos dois meses, e ainda estão impactadas pela inflação elevada contaminando o consumo, principalmente em supermercados. Contrariando esse cenário, surge a alimentação fora do lar, que subiu 143% nos últimos dez anos, impulsionando o mercado de foodservice e também o de franquias.

A tendência é que a alimentação em restaurantes e lanchonetes continue subindo em função das famílias estarem cada vez menores. A previsão de que os preços internacionais das commodities continuem em alta também e deve pressionar o valor das refeições.

O economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Fabiano Camargo, observa que a dificuldade de mobilidade urbana, principalmente nas grandes cidades, faz as pessoas se alimentarem cada vez mais perto do trabalho.

Já a situação da inflação é preocupante para o comércio e deve girar em torno de 5,66% até o final do ano. E a taxa de câmbio também pode influenciar no ritmo das vendas durante 2013.
Diante desse cenário, o mercado vem reduzindo as expectativas de crescimento da economia brasileira neste ano, que já rondam o nível de 2,56%.

Já o IBGE informou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) desacelerou a alta, em junho, a 0,38% favorecido pelos preços de remédios e alimentos, mas ainda assim estourou o teto da meta do governo em 12 meses.

alimentação fora do lar, foodservice, inflação, varejo

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3