Supermercados caem 0,8% em outubro em série dessazonalizada
Varejo

Supermercados caem 0,8% em outubro em série dessazonalizada

Após cinco meses de alta e em linha com as divulgações oficiais do varejo no Brasil, o indicador volta a apresentar resultado negativo

26 de novembro de 2020

arroba publicidade
O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, recuou 0,3% em outubro na comparação mensal dessazonalizada, de acordo com dados apurados pela Boa Vista e replicados pelo Investimentos e Notícias.
 
Na avaliação acumulada em 12 meses, o indicador apresenta retração de 6,1%. No acumulado do ano a queda é de 7,9% contra o mesmo período do ano passado. Já em relação ao mesmo mês de 2019, o varejo caiu 8,4%.
 
Após cinco meses de alta e em linha com as divulgações oficiais do varejo no Brasil, o indicador volta a apresentar resultado negativo em outubro, sugerindo uma desaceleração no ritmo de recuperação observado desde maio com os estímulos e as medidas de combate à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.
 
A atividade de “Supermercados, Alimentos e Bebidas” registrou variação de -0,8% no mês na série dessazonalizada. Na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses foi de 0,5% em relação ao ano anterior.
 
Dadas as adversidades provocadas pela chegada do novo coronavírus, reduzindo renda e emprego, e pelo fraco desempenho da atividade econômica, espera-se que a tendência de queda na curva de longo prazo do indicador de movimento do comércio seja revertida apenas no ano que vem, com a retomada mais clara da atividade e impulsionada pela chegada já esperada de uma vacina eficaz no combate ao coronavírus.
 
 
 

Coronavírus, Indicador Movimento do Comércio, supermercados, varejo

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3