SAP anuncia incentivo para tirar seguro aquícola do papel
Institucional

SAP anuncia incentivo para tirar seguro aquícola do papel

Objetivo é despertar o interesse no mercado de mais companhias seguradoras

09 de outubro de 2019

arroba publicidade
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) aproveitou que a cadeia de pescado estava reunida no International Fish Congress & Fish Expo Brasil (IFC) e anunciou que para o próximo ano a Secretaria de Política Agrícola (SPA) pretende encaminhar ao Comitê Gestor Interministerial do Seguro Rural a proposta de destinar recurso específico para a subvenção do seguro aquícola.
 
O anúncio foi feito pelo secretário de Aquicultura e Pesca (SAP), Jorge Seif Jr, e o diretor do Departamento de Gestão de Riscos do Mapa, Pedro Loyola, no debate sobre gestão de risco e contribuições para viabilizar o seguro aquícola 2020, durante o International Fish Congress (IFC), que aconteceu entre os dias 17 e 19 de setembro, em Foz do Iguaçu (PR). 
 
Segundo o Mapa, o objetivo é despertar o interesse no mercado para que mais companhias seguradoras ofereçam o seguro aquícola, ampliando canais de distribuição de corretores, cooperativas e instituições financeiras que atendam a cadeia produtiva. O projeto está em construção desde o início do ano pelo chefe de divisão na coordenação de aquicultura marinha, Rui Donizete Teixeira. 
 
Também ficou acordada a realização de um workshop para mais informações. O trabalho do governo e o setor produtivo será fazer uma coleta de dados regionais, por espécies e tipo de sistemas para apresentar às seguradoras. Já as empresas deverão informar quais os dados e documentos que necessitam, além dos fatores que interferem na precificação do Seguro.
 
Conforme o ministério, o desenvolvimento do seguro rural visa uma maior estabilidade do fluxo de caixa e da renda dos produtores,  assim como maior eficiência de produção e de produtividade pela indução ao uso de tecnologias para melhorar a competitividade do setor e contribuir para que o Brasil possa se tornar um grande exportador de pescado de aquicultura.
 
O IFC também recebeu especialistas em seguros internacionais: Martin Tellez, representante da Los Fideicomisos Instituidos en Relación con la Agricultura (FIRA), que falou sobre o funcionamento dos fundos mútuos de seguro aquícola no México. E o especialista em aquicultura Rui Gomes Ferreira, da empresa Longline, de Londres, apresentou a experiência internacional com seguro aquícola.

seguro aquícola, Mapa, Sap, IFC, Seif Jr, Pedro Loyola

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3