China suspende exportação de frigorífico de pescado brasileiro
Indústria

China suspende exportação de frigorífico de pescado brasileiro

Monteiro Industrial Pescados tem atividades à China suspensas após país informar que um lote da empresa testou positivo para a Covid-19

25 de setembro de 2020

arroba publicidade
A Monteiro Industrial Pescados teve suas exportações de pescado à China suspensas após a Administração Geral de Alfândegas da China (GACC) anunciar que um lote da empresa brasileira enviado ao país testou positivo para a Covid-19. 
 
Como apurou o Globo Rural, a GACC anunciou a suspensão nesta sexta-feira (25/9). A Monteiro Industrial Pescados, de Itarema, no Ceará, é a primeira empresa do setor a receber a suspensão chinesa. O embargo passa a valer a partir deste sábado (26/9). 
 
A suspensão automática chinesa é de uma semana para empresas que apresentem lotes contaminados por uma ou duas vezes. Oito frigoríficos brasileiros já foram alvos de suspensões, como JBS e BRF. Mas, apenas o frigorífico matogrossense Agra, de Rondonópolis (MT), foi reautorizado a vender para a China.
 
Para a GACC, as medidas visam “evitar que a nova epidemia de coronavírus importe riscos por meio de alimentos importados”. Nos casos em que houver teste positivo em mais de três situações, a suspensão será de quatro semanas e será retomada automaticamente após esse período.
 
Conforme a GACC, um lote de peixe-espada congelado importado do Brasil e uma amostra de sua embalagem interna que testaram positivo para a Covid-19.
 
Créditos da imagem: Pixabay
Conforme a GACC, um lote de peixe-espada congelado importado do Brasil e uma amostra de sua embalagem interna tiveram resultado positivo para a Covid-19.
 

BRF, China, Covid-19, frigorífico, GACC, Geral de Alfândegas da China, JBS, Monteiro Industrial Pescados, pescado

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3